Toxina Botulínica

Paulo Dório 24/07/2020 • 13h07

Quando iniciar o tratamento?

O famoso Toxina Botulínica, ou toxina botulínica como é chamado pelos profissionais da saúde, é hoje um dos assuntos mais comentados nas rodas entre amigas. Antes de você franzir sua testa e começar a achar que essa matéria é só para quem tem mais de 40, te falo de antemão que você está enganada. Mas afinal, quando e como se deve fazer uso desta poderosa arma da estética?

Para esclarecer este ponto, vamos entender como ele age.

A toxina botulínica (Toxina Botulínica) é um paralisante muscular, nada mais. As rugas de expressão , ou rugas dinâmicas, são aquelas que aparecem apenas quando contraímos algum músculo, como por exemplo, as rugas da testa, entre as sobrancelhas e os “pés de galinha”. Com o tempo, de tanto dobrar a pele no mesmo lugar a contração do músculo acaba por gerar rugas permanentes, que ficam mesmo se não nos expressamos.

Sendo assim, se aplicamos a toxina botulínica nestes músculos que geram as rugas dinâmicas, evitaremos que eles se contraiam e formem estas rugas, proporcionando um aspecto  mais descansado, jovial e leve da face. Se o uso do Toxina Botulínica for iniciado antes dos vincos se tornarem permanentes, conseguiremos evita-los, poupando a pele da ação muscular.

Então quando devemos iniciar o uso do Toxina Botulínica?

O ideal é iniciar o uso quando os vincos da pele derem sinais de ficarem marcados na pele, mesmo quando não nos expressamos. Se aplicado ainda nesta face, conseguiremos fazer com que a pele se recupere e evitaremos as rugas estáticas. Matou sua curiosidade? Espero que tenha conseguido tirar suas dúvidas.