Como eliminar celulite

Paulo Dório 16/07/2020 • 14h07

Saiba tudo para combater essa inimiga.

Ter um corpo saudável já é prioridade para muita gente. Nos últimos anos tem sido crescente a busca por mudança no modo de vida, nos hábitos alimentares e principalmente na introdução de uma rotina de exercícios físicos.

Sabendo disso, reunimos dicas de como você pode vencer este inimigo comum tanto para mulheres, quanto para homens, e convidamos o nosso time de especialistas – a fisioterapeuta Elzimar Lima e a esteticista Val Sombra – para tirar suas dúvidas e esclarecer mais sobre esse tema que afeta cerca de 90% do público feminino.

Entenda o que é celulite

Segundo a fisioterapeuta Elzimar Lima, o surgimento da expressão “casca de laranja” é comumente usado para explicar os furinhos na pele, resultados de uma alteração causada pelo acúmulo de gordura, água e toxinas nas células. “Esse acumulo faz com que essas células fiquem cheias e enrijecidas, gerando um desnível no local”.

A celulite não é uma condição médica grave, portanto é fácil tratá-la diminuindo o volume da gordura localizada nas áreas em que aparece. O tratamento é importante, pois sua manifestação pode causar desconforto na aparência da pele, além de contribuir para que as pessoas desenvolvam problemas de autoestima e autoconfiança.

Livre-se de uma vez por todas

De acordo com a esteticista Val Sombra, a celulite é, sem dúvida, um problema que pode ser tratado e melhorado. Para isso existem diversos tratamentos que podem auxiliar na hora de eliminar essa gordura indesejada, entre eles podemos citar:

  • Drenagem linfática
  • Massagem modeladora
  • Carboxiterapia
  • Radiofrequência
  • Cremes anticelulites
  • Laser
  • Velox, entre outros.

“Cada tratamento possui benefícios próprios, por exemplo, no tratamento feito com velox é utilizado um equipamento de ultrassom com alta tecnologia, que trata grandes áreas de maneira eficiente em menor tempo. Entre seus benefícios estão a melhora da circulação e aumento da extensibilidade das fibras de colágeno, proporcionando emoliência aos tecidos, diminuindo edemas e nódulos celulíticos.” Diz Val.

É necessário unir o procedimento estético a uma rotina saudável, o paciente precisa evitar gordura, açúcar, frituras e alimentos com muito sal, alimente-se de frutas e legumes, beba bastante água começar a praticar alguma atividade física ou aeróbica e procure um profissional de sua confiança para lhe instruir sobre o melhor procedimento para o seu caso, verificando se há alguma contraindicação”.