(85) 3215 - 4515

Tratamentos Corporais

Criolipólise

A Criolipólise é um método alternativo para aquelas pessoas que não querem se submeter a um método cirúrgico, que queiram uma alternativa à cirurgia plástica. É indicada para todas as pessoas que queiram eliminar gorduras localizadas, que não tenham tempo para uma longa recuperação ou não querem se submeter a algum procedimento mais invasivo. Estudos científicos comprovam a possilibidade de morte celular de adiposo (apoptose) entre 10% a 25%; nesse caso a fisiologia e o metabolismo são responsáveis diretos pelo resultado.

Ela não é um tratamento para sobrepeso ou obesidade. Ela é opção para pessoas que tenham gordura localizada em algumas regiões corporais, entre eles o famoso pneuzinho. O procedimento tem duração de 50 a 60 minutos, que depende da quantidade de áreas a serem tratadas. Pode ocorrer um pequeno desconforto na aplicação, de acordo com o grau de sensibilidade de cada pessoa, mas passa em poucos minutos! Com a criolipólise, as células de gordura afetadas serão eliminadas. E para manter o resultado obtido deve-se evitar o ganho de peso com hábitos saudáveis, dieta balanceada e prática de atividades físicas.

Não são necessários exames anteriores ao procedimento. A criolipólise pode ser feita em qualquer estação do ano, inclusive no verão. Mas se a ideia é que os resultados sejam notados na estação da praia e do sol, o ideal é se programar antes, já que o resultado completo leva de (02)dois a (03)três meses.

O tratamento pode ser aplicado em pessoas a partir dos 18 anos, sendo contraindicado para as gestantes e pós-gestação até 3 meses e estar amamentando, e pessoas que tenham sobrepeso excessivo. Alguns casos também não contraindicados, como:

– Hérnia Umbilical;
– Cirurgias recentes (6 meses);
– Alta sensibilidade ao frio;
– Marca-passo ou outro dispositivo eletrônico implantado;
– Máquinas de coração ou pulmão artificial de sustentação a vida;
– Uso de equipamento ECG portátil;
– Doença aguda;
– Cardiopatias graves, prolapsos;
– Febre;
– Problemas de fígado;
– Doença de Raynaud;
– Urticária severa e/ou afecção de pele(manchas, irritações);
– Crioglobulinemia;
– Diabetes;
– Hemoglobinúria paroxística ao frio;
– Lesões abertas;
– Doenças autoimunes;
– Gravidez – Lactação;
– Pacientes em usos de Corticóides e Roacutan – isotretinoina oral(20 dias de intervalo);
– Idosos, crianças e pessoas intolerantes a crio terapia.

Não há necessidade de anestesia e a recuperação é tranquila. O paciente pode retornar às atividades normais imediatamente após o procedimento. A pele pode ficar vermelha por alguns minutos, ou mesmo temporariamente sensível, mas nada que não seja suportável. Os hematomas não são frequentes, mas quando aparecem são passageiros, desde que sigam corretamente as orientações das profissionais.